10.3 C
Ijuí
segunda-feira, maio 20, 2024

Três poderes rejeitam “atos terroristas”

Os chefes dos Três Poderes divulgaram ontem uma nota conjunta “em defesa da democracia” na qual condenam os “atos terroristas, de vandalismo, criminosos e golpistas que aconteceram na tarde de ontem em Brasília”.

“Estamos unidos para que as providências institucionais sejam tomadas, nos termos das leis brasileiras”, diz o documento. “Conclamamos a sociedade a manter a serenidade, em defesa da paz e da democracia em nossa pátria. O País precisa de serenidade, respeito e trabalho para o progresso e justiça social da nação.”

A nota foi assinada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, pela presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Rosa Weber, pelo presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL) e pelo presidente em exercício do Senado, Veneziano Vital do Rêgo (MDB-PB).

Eles se reuniram no Palácio do Planalto para discutir medidas após as invasões e depredações promovidas por radicais bolsonaristas às sedes dos Três Poderes, em Brasília.

Participaram também os ministros da Defesa, José Múcio, da Justiça, Flávio Dino, das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, da Secretaria Especial de Comunicação Social, Paulo Pimenta, da Casa Civil, Rui Costa, e o vice-presidente Geraldo Alckmin.

*A notícia completa está na versão impressa do Jornal da Manhã.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_img

Últimas NOTÍCIAS