20.9 C
Ijuí
quarta-feira, julho 24, 2024

Lula completa lista de 37 ministros

O presidente eleito e diplomado Luiz Inácio Lula da Silva (PT) anunciou ontem os nomes de 16 novos ministros e, assim, concluiu a equipe do primeiro escalão de governo para começar o seu terceiro mandato no Palácio do Planalto.
Lula oficializou o retorno da deputada federal Marina Silva (Rede-SP) ao Ministério do Meio Ambiente e a acomodação da neoaliada Simone Tebet (MDB-MS) na pasta do Planejamento.

Além disso, na última leva de anúncios de ministros, cedeu nove ministérios para partidos de centro em busca de governabilidade. MDB e PSD indicaram três ministros cada um para o futuro governo. Já o União Brasil — partido do ex-juiz Sergio Moro — terá dois representantes no ministério.

Esse número pode subir para três, caso o governador do Amapá, Waldez Góes (PDT), migre para a União Brasil. Ele vai integrar o governo em uma cota do ex-presidente do Senado Davi Alcolumbre (União Brasil-AP) e, por enquanto, vai apenas se licenciar do PDT.

O petista concluiu o desenho do seu futuro governo com 37 ministérios. Segundo disse, fará uma reunião dois ou três dias após a posse com ministros. E, depois, pretende se reunir com governadores para fazer levantamento dos três principais projetos de cada Estado.

“Quero, a todos os companheiros e companheiras que foram nomeados agora, que vocês façam parte da história política do País, de um momento em que nós tivemos a coragem de assumir o Brasil numa situação extremamente delicada”, disse.

“O Brasil, que foi destruído em muitas das coisas que fizemos, quase tudo na área social foi desmontado, e nós vamos ter que remontar tudo outra vez, mas com muito mais competência, vontade, disposição, porque foi pra isso que me candidatei outra vez à Presidência da República”, completou.

A terceira e última leva dos anúncios de ministros só aconteceu após o fim das negociações com os partidos que farão parte do governo de coalizão.

As tratativas foram encerradas apenas às vésperas do anúncio, com Lula ainda recebendo lideranças partidárias em seu hotel algumas horas antes de seguir para o Centro Cultural Banco do Brasil.

“Temos conversado e, depois de muitos ajustes, nós terminamos de montar o primeiro escalão do governo. Não menos importante, a partir da posse, a gente vai começar a discutir o segundo escalão, os cargos do governo federal em cada Estado, para que a gente possa dentro de pouco tempo estar tendo todas as informações para fazer a máquina funcionar”, afirmou

Todos os ministros indicados, os novos e os já conhecidos, estavam presentes no anúncio. Lula fez questão de estar cercado pelas mulheres que vão compor o governo —após as críticas feitas no primeiro anúncio, quando apenas ministros homens foram escalados. De acordo com ele, este é o governo com o maior número de ministras da história, 11.

*A notícia completa está na versão impressa do Jornal da Manhã.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_img

Últimas NOTÍCIAS