16.6 C
Ijuí
segunda-feira, junho 5, 2023

Estiagem causa prejuízos a produtores em Ijuí

O tempo seco e quente, aliado ao pouco volume na quantidade de chuvas na região, tem trazido problemas para os agricultores de Ijuí e dos municípios próximos. A perspectiva de uma nova estiagem é iminente em todo o Rio Grande do Sul e a preocupação, desde já, é grande. Até ontem, pelo menos 30 cidades gaúchas decretaram situação de emergência no Estado, conforme a Defesa Civil.

Sem chuvas regulares sobre o território desde novembro, os produtores rurais voltam a enfrentar uma situação que se repete nos últimos anos. A falta de chuvas já provocou perdas de lavouras inteiras de milho, além de queda na produtividade. A situação compromete também áreas de soja e a produção leiteira.

Nas últimas semanas, a chuva tem aparecido, mas de forma isolada e irregular, o que não é suficiente para garantir a boa produtividade das lavouras.

No campo, o ano de 2023 começa com prejuízos à cultura do milho. Segundo a Emater-RS, nas áreas mais impactadas, a escassez hídrica coincidiu com as fases de florescimento e enchimento de grãos do cereal, o que comprometeu a produtividade. Os danos já estão consolidados nas regiões Norte, Central, Campanha e Fronteira Oeste.

Em Ijuí, Coronel Barros e Bozano, com chuvas irregulares, variando entre 5 milímetros e 50 milímetros na semana passada, as perdas no milho são de 100%, em muitas lavouras. Há a constatação da redução na produção de leite, que chega a 60%.

Conforme o secretário de Desenvolvimento Rural de Ijuí, Daniel Claudy, a produção leiteira o setor mais afetado por enquanto, além da silagem de milho, que abastece a produção de leite. “Estamos monitorando os pedidos referentes a falta de água. Desde o ano passado temos algumas comunidades que enfrentam dificuldade quanto à escassez hídrica, principalmente de acesso à água potável para consumo humano. Isso é a prioridade. A partir disso, comunidades do Distrito de Santana, Distrito de Alto da União, Distrito de Itaí e localidade da Linha 4 Leste receberão novos poços ao longo das próximas semanas para amenizar essa situação. Além disso, a secretaria estará disponibilizando máquinas e equipamentos para apoiar a ampliação das redes de água em diversas localidades até as propriedades rurais”, destacou.

*A notícia completa está na versão impressa do Jornal da Manhã.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -spot_img

Últimas notícias