15.4 C
Ijuí
sábado, abril 20, 2024

Estado quer ampliar medidas para fomentar a reservação

Enquanto nas estações de outono e inverno as chuvas voltam em abundância no Rio Grande do Sul, nos meses mais quentes elas se tornam raras, o que causa perdas importantes para a economia gaúcha. Nos últimos três anos, o Rio Grande do Sul sofre com estiagem, que levou 362 municípios a decretarem situação de emergência. Uma das medidas adotadas para amenizar os efeitos da falta de chuva é a reserva de águas, o que garantiria entre outras ações a irrigação de lavouras.
De acordo com a secretária estadual do Meio Ambiente, Marjorie Kauffmann, a reservação de água integra o recém lançado programa do governo Supera Estiagem, com o intuito de conseguir aliar conhecimento para que a gente possa se adaptar a estes períodos de estiagem”, disse, em entrevista ao JM. “Estamos num estado de restrição hídrica, já chegando ao fim deste período, mas a reservação de água nos períodos de chuva com certeza seriam a solução para este problema”, acrescenta.

Leia a matéria completa na edição impressa ou digital do Jornal da Manhã, desta quarta-feira, 8.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_img

Últimas NOTÍCIAS