20 C
Ijuí
terça-feira, junho 18, 2024

Determinação e genialidade

A inovação finalmente está na pauta de um grande número de organizações e é cada vez mais comentada de diversas formas e também por isso, tendo ações efetivas e mais diretas em várias áreas. O estímulo à criatividade e o desafio do aprimoramento da inteligência dos envolvidos são alguns dos pontos chave.
Sabe-se há um bom tempo que o QI (Quociente de Inteligência) não é garantia de um trabalho de sucesso, pois há mais fatores que influenciam a criatividade do que a inteligência. “Criatividade não é um talento. É uma forma de agir”, disse o ator John Cleese. Para um ambiente mais criativo, a colaboração e o livre pensamento são condições básicas. Matérias da revista Inc. e da revista Época Negócios mostram que gênios reconhecidos pela sua criatividade são capazes de reunir elementos aparentemente contraditórios de uma forma incomum e não esperada. A análise mostra que apesar de cada um ter seu estilo e seu método, Wolfgang Amadeus Mozart, Albert Einstein e Pablo Picasso, tinham algumas características semelhantes para expressar a criatividade em suas respectivas artes. Mais do que inteligência e criatividade, ao estudar suas biografias fica claro que eles tinham muita determinação para alcançar o domínio de suas áreas, o que fez toda a diferença na vida e na obra de cada um.
O nível de determinação tem sido classificado como mais importante do que talento em muitas pesquisas a respeito do sucesso pessoal e profissional. Há efetivamente mais gente muito talentosa, mas parte delas não é capaz de ter a determinação necessária para superar os obstáculos, se aperfeiçoar com frequência, por exemplo, não conseguindo transformar o talento em sucesso numa carreira. E neste caso, os determinados avançam mais do que os mais talentosos. Pessoas muitíssimo criativas podem ter uma grande motivação, o que evidencia que apenas talento não é o suficiente. Os gênios, do passado e do presente podem ser analisados e reconhecidos pela perseverança, concentração e foco absoluto naquilo que eles querem fazer de melhor. Dedicação em um nível fora do comum é pré-requisito para conquistar o status de gênio numa arte, ofício, trabalho. Einstein, por exemplo, tinha uma inteligência altíssima, mas ele realmente amava e era obcecado em buscar a sua teoria da relatividade. Determinação, criatividade, curiosidade são componentes da inovação que precisam acompanhar a inteligência para gerarem sucesso. Um abraço e até a próxima!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_img

Últimas NOTÍCIAS