12.4 C
Ijuí
quarta-feira, abril 17, 2024

Comunidade pede maior fiscalização no trânsito

Todas as semanas, a comunidade de Ijuí presencia ou fica sabendo de algum acidente envolvendo motociclistas no município. Durante os fins de semana, a frequência desses fatos aumenta, assim como a imprudência e as reclamações quanto às irregularidades. No último fim de semana, por exemplo, um adolescente, Kauê Tiago de Souza Barboza, 17 anos, perdeu a vida em uma colisão contra um carro, no Centro de Ijuí.

Representante do grupo de motociclistas de Ijuí, Jeferson Alves comenta que é necessária maior fiscalização para evitar irregularidades. Conforme ele, isso prejudica a atuação de trabalhadores que utilizam motocicletas. “A classe que trabalha com entrega rápida, ou são mototaxistas, não concorda com nenhuma atitude de descumprimento de normas ou regras de trânsito. Não aceitamos nenhum tipo de arruaça nas ruas, ou utilização de escapamento aberto, ou qualquer outra coisa que infrinja a lei. Motoboy que trabalha sério não aceita esse tipo de coisa”, destaca.

Ele enfatiza que a fiscalização deve ser intensificada, tanto à noite, quanto durante o dia. “É preciso fiscalização e que ela seja rotineira. Durante a noite são os piores momentos, onde há maior barulho. A fiscalização intensa vai diminuir isso”, reforça.

Outro motociclista, Severiano Neto, que trabalha diariamente com a sua motocicleta, ressalta que anda com cuidado todos os dias, mas que há colegas de moto que não respeitam as regras. “É preciso atenção, pois o culpado quase sempre é o motociclista, mas tem muitos condutores que não respeitam, seja sinaleiras ou outros, então nós temos que respeitar para não se ferir e consequentemente não ficar prejudicado para poder trabalhar.”

O coordenador de trânsito do município, Valdenei Wagner dos Santos (Popeye), explica que a Coordenadoria de Trânsito tem buscado fazer campanhas e orientar os motociclistas para evitar acidentes e irregularidades. Isso, segundo ele, ajudou a reduzir as colisões nos últimos meses. “Neste ano vamos fazer novas ações para inibir aquelas motos que fazem barulho. Queremos estar agindo neste problema que tem causado divergência e incomodado os nossos moradores”, disse, frisando que haverá trabalho forte nas escolas sobre educação no trânsito, para evitar acidentes e orientar outras questões.

*A notícia completa está na versão impressa do Jornal da Manhã.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_img

Últimas NOTÍCIAS