20.9 C
Ijuí
quarta-feira, julho 24, 2024

Brasil perde para a Croácia nas penalidades e adia mais uma vez o sonho do Hexa

Terminou o sonho da Seleção Brasileira em conquistar o hexa na Copa do Mundo do Catar. O time comandado pelo técnico Tite empatou em 0 a 0 com a Croácia, ontem no tempo normal, 1 a 1, na prorrogação e foi derrotado nos pênaltis por 4 a 2, no Estádio Cidade da Educação.O Brasil não conseguiu quebrar o tabu contra europeus em Mundiais. Desde que foi campeã pela última vez, em 2002, a Seleção foi eliminada por adversários do Velho Continente em todas as edições: França, em 2006, Holanda, em 2010, Alemanha, em 2014, e Bélgica, em 2018. A Croácia enfrentará a Argentina que ontem eliminou a Holanda. A semifinal será na próxima terça-feira, às 16h.
O Brasil teve dificuldades para criar no primeiro tempo.A primeira chance, veio aos quatro minutos, quando Vinícius Jr arriscou de fora da área, mas Livakovic fez a defesa. A Croácia também atacava. Aos 12 minutos, os atuais vice-campeões mundiais quase abriram o placar com Perisic. Vinícius Jr foi a principal ameaça do Brasil no primeiro tempo e aos 19 minutos o atacante do Real Madrid tabelou com Richarlison e bateu cruzado, mas a defesa croata fez o corte. Depois, Neymar recuperou a bola, deixou Modric para trás e também finalizou no canto, mas Livakovic defendeu.
No segundo tempo o Brasil voltou com mais força ofensiva. Aos dois minutos, Raphinha tocou para Militão, que cruzou rasteiro. O zagueiro da Croácia tentou fazer o corte e jogou contra o próprio gol, mas o goleiro fez a defesa. Pouco depois, Vinícius Jr achou Neymar dentro da área, e o camisa 10, chegou batendo, mas foi travado. A Seleção Brasileira teve outra grande oportunidade aos nove minutos. Richarlison deu assistência para Neymar, que saiu cara a cara com o goleiro e bateu cruzado, Livakovic fez a defesa com o pé.Sem sucesso no ataque, Tite decidiu fazer duas substituições. Antony entrou na vaga de Raphinha, e Rodrygo, posteriormente, na de Vinícius Jr. Mas, foi Paquetá quem quase marcou ao ficar com a sobra de bola dentro da área e bater. O goleiro defendeu.
Neymar recebeu mais uma bola de Richarlison, saiu cara a cara com Livakovic e novamente acabou parando no goleiro croata. Nos últimos minutos, Tite apostou na entrada de Pedro, que substituiu Richarlison. Nada de gols e o jogo então foi para a prorrogação.No final do primeiro tempo,Neymar tabelou com Rodrygo na entrada da área, saiu cara a cara com Livakovic e desta vez driblou o goleiro, ficando com o gol livre para abrir o placar. No segundo tempo da prorrogação, a Croácia saiu para o jogo em busca do empate e conseguiu em um contra-ataque.
Faltando menos de cinco minutos para o fim do jogo, Petkovic recebeu livre na entrada da área, bateu para o gol e contou com o desvio de Marquinhos para vencer Alisson, levando a decisão para os pênaltis. Nas penalidades os croatas foram mais competentes.Vlasic, Majer, Modric e Orsic marcaram para a Croácia. No Brasil, Rodrygo chutou na trave, Casemiro e Pedro converteram. Marquinhos bateu na trave. Era o fim do sonho do Hexa.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_img

Últimas NOTÍCIAS