30 C
Ijuí
sábado, fevereiro 24, 2024

Bom Pastor passa a ser alta complexidade

O Hospital Bom Pastor assinou ontem, com presença da secretária estadual de Saúde, Arita Bergmann, um contrato de investimento para a aquisição de um microscópio cirúrgico. Com a aquisição, o Hospital passará a ser considerado de referência na alta complexidade em transplante de córnea e cirurgia de retina, bem como irá substituir o atual microscópio utilizado nas cirurgias de catarata realizadas através de convênio com Estado e Município.

O recurso faz parte do programa Avançar na Saúde, do governo estadual, e terá investimento previsto de quase R$ 1 milhão. “Este ato é importante porque no Rio Grande do Sul, temos filas de espera na saúde, e uma das maiores demandas que temos é na área de Oftalmologia. Temos esperas desde consultas, a procedimentos de alta complexidade, e o Bom Pastor é uma referência, não só para Ijuí, mas para toda região na área”, destaca a secretária Arita Bergmann.

O valor do governo estará disponível para ao Hospital já na próxima semana. O Bom Pastor recebia R$ 24 mil mensais do orçamento do Estado. Com as últimas assinaturas, o aumento de recursos destinado cresceu 800%, em virtude dos programas de investimento. “Podemos destacar o programa Assistir, em que os hospitais do interior tiveram importantes incrementos de recurso de custeio, como aqui no Bom Pastor, pois o hospital não recebia os incentivos estaduais”, comenta.

No contrato assinado com o Estado estão previstas 45 cirurgias por mês. Desta forma, em um ano, serão 540 cirurgias oftalmológicas feitas na instituição de Saúde.

“O governo do Estado busca colocar recursos onde há interesse público, e atenda a necessidade do cidadão. Investimos onde há excelência de serviço. Aqui no Bom Pastor existe isso, tem um Centro na área da Oftalmologia que é um orgulho para o Rio Grande”, salienta Arita.

A diretora-executiva do Bom Pastor, Rosane Schiavo, destaca que foram ampliadas as consultas, exames e cirurgias de catarata na casa de Saúde, através de um novo contrato. “Começamos a ofertar, desde o mês de setembro, 600 consultas, 5.040 exames e 30 cirurgias”, comenta.

*A notícia completa está na versão impressa do Jornal da Manhã.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_img

Últimas NOTÍCIAS