16 C
Ijuí
quinta-feira, abril 18, 2024

ATUAÇÃO – Uma ijuiense nos limites da guerra

A médica ijuiense Mariana Fensterseifer Mattioni atuou em abrigos na Polônia, ao lado de uma equipe de brasileiros voluntários. Ela deu suporte aos refugiados em cidades próximas da fronteira com a Ucrânia

Mariana Fensterseifer Mattioni, 37 anos, trocou seus dias de férias para ajudar ao próximo, em meio à guerra entre Rússia e Ucrânia. Ela atuou como voluntária de um programa social e humanitário em dois abrigos de refugiados na Polônia.
Ela foi selecionada pela VVolunteer, uma plataforma digital focada em voluntariado, ajuda humanitária e ações sociais, para atuar na organização de medicamentos e materiais hospitalares doados aos refugiados em dois abrigos localizados na fronteira da Polônia com a Ucrânia, nas cidades de Radymno e Przemysl, em fevereiro deste ano.
Formada na Faculdade de Medicina da Universidade de Passo Fundo (UPF) em 2010, fez residência de Clínica Médica no Hospital de Caridade de Ijuí. Mariana foi da primeira turma de residentes do HCI, em 2011, fez residência de Terapia Intensiva no Hospital Moinhos de Vento e Mestrado em Ciências da Reabilitação pela Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA). Atualmente, mora e trabalha em Porto Alegre, atuando como médica rotineira intensivista das Unidades de Terapia Intensiva dos hospitais Moinhos de Vento e Ernesto Dorneles.
Ela morou em Ijuí até os 4 anos de idade, quando sua família se mudou para São Luiz Gonzaga. Retornou em 2011 para fazer a residência de Clínica Médica no HCI, e aqui morou por dois anos. Sua família por parte de pai e também por parte de mãe são de Ijuí. Com isso, ela vem à cidade frequentemente visitar a avó, tios e primos.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_img

Últimas NOTÍCIAS