21.1 C
Ijuí
domingo, julho 21, 2024

Porque você faz o que faz

Em 2017, quando li “Por Quê?: Como grandes líderes inspiram ação”, de Simon Sinek, que poderia ter o título da tradução literal “Comece com o Porquê”, compartilhei alguns trechos neste espaço. Revendo um trecho do livro entendi que era o momento de retomar a reflexão sobre o porquê fazemos o que fazemos.

As pessoas não compram o quê fazemos, pois compram o motivo pelo qual fazemos o que fazemos! É uma ideia com afirmação intrigante e desafiadora, acompanhada por cada vez mais gente, reafirmada em avaliações de negócios e de atividades profissionais. Simon Sinek reafirma nesta obra que um propósito bem definido é capaz de inspirar pessoas e organizações a agir. Especialmente quem trabalha com bens e serviços que buscam alguma diferenciação frente ao que já existe no mercado, oferecendo mais valor para os clientes, precisam ter no propósito um dos principais meios de diferenciação e de criação de vínculos com seus públicos.

Pessoas com propósito inspiram quem está a sua volta e assim realizam grandes feitos, que por sua vez, inspiram ainda mais pessoas, e esta espiral pode dar a volta ao mundo. Dentre outras formas de apresentar o tema, destaca-se o que Simon chama de “Círculo de Ouro”, para que possamos avaliar e ter presente “por que nós fazemos o que fazemos”. A intenção é uma reflexão em três níveis, iniciando com o “por que”, depois o “como” e finalizando com “o que”. Esta sequencia é considerada a mais correta para que as pessoas e as organizações possam pensar, agir e se comunicar de dentro para fora. Infelizmente muita gente e muitas organizações entram em dificuldades por começar pelo “o que”, ou seja “fazem”, e algumas destas procuram descrever o “como fazem” e raramente e por último, deixam claro o motivo pelo que fazem, ou seja, vão do mais claro para o mais difuso.

Aqueles que inspiram as pessoas a agir e, por isso se destacam, começam sua abordagem com o “porquê”, fugindo do tradicional e do comportamento da maioria, conseguindo no entanto, resultados melhores, por se tornarem mais autênticos. Quando uma pessoa ou uma empresa deixa claro o porquê ela faz o que faz, ela supera a razão da compra ou escolha, e passa a ser vista como protagonista de uma causa. Uma boa pergunta para começar a reflexão é: Qual é a sua causa?

O propósito da marca/organização é o centro do negócio e quando explorado adequadamente traz vantagens importantes frente aos demais, orientando como o motivo, a maneira e o quê é oferecido será percebido.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_img

Últimas NOTÍCIAS