24.3 C
Ijuí
segunda-feira, janeiro 30, 2023

Ijuí tem menor número de homicídios desde 2018

O combate ao crime organizado, aliado à união entre os órgãos de segurança pública em Ijuí, auxiliou na redução 27,2% no índice de crimes violentos no município, no último ano. De janeiro a dezembro de 2022, foram oito assassinatos registrados, que vitimaram sete homens e uma mulher, que acabou sendo vítima de um feminicídio.

A maioria das pessoas que foram mortas no ano passado era jovem, com idades entre 21 e 30 anos e morreu em decorrência de dívidas referentes ao tráfico de drogas e por rixas ligadas ao sistema carcerário. Em seguida vem as pessoas com idades entre 31 e 40 anos. Houve uma morte de uma vítima que tinha mais de 60 anos. Adolescentes não foram vítimas de homicídio no último ano. A Polícia Civil apontou a autoria da maioria dos crimes, com resolução de inquérito e investigação em 87% dos casos.

Em relação a 2020, que foi o período mais violento que Ijuí viveu em sua história, com 20 mortes, sendo uma por latrocínio, a queda é ainda mais notória, com uma redução de 60% em dois anos. O número total de assassinatos registrados no município é o menor desde 2018, quando quatro pessoas perderam a vida em razão de crimes violentos.

Na região, nas cidades com mais de 50 mil habitantes, Ijuí é o município que possui menos assassinatos em 2022. Cruz Alta é o que possui o maior número, com 14 mortes, sendo três no último mês. Em seguida vem Santo Ângelo, que registrou 11 homicídios no ano passado. O município também foi o primeiro da região a registrar crimes contra a vida em 2023. Já Santa Rosa teve nove homicídios em 2022.

Em comparação aos 23 municípios que fazem parte do programa estadual RS Seguro, do qual Ijuí faz parte desde 2020 em razão do alto nível de crimes violentos, a cidade aparece como a terceira que menos registrou assassinatos no Estado, ficando atrás apenas de Guaíba, na região Metropolitana, e Lajeado, no Vale do Taquari.

*A notícia completa está na versão impressa do Jornal da Manhã.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -spot_img

Últimas notícias