24.3 C
Ijuí
segunda-feira, janeiro 30, 2023

110 anos de Luiz Gonzaga

O cantor e compositor pernambucano Luiz Gonzaga, o Rei do Baião, nasceu em Exu, no Sertão, em 1912. Ele fez história na música brasileira e se tornou um dos primeiros representantes da cultura nordestina a obter notoriedade em todo o país.

O aniversário do Rei do Baião tem lançamento de livro e de um documentário da Globo. Além disso, hoje, depois do Jornal Hoje, a Globo transmite o show em homenagem a Gonzaga.

Neste ano em que o nascimento do sanfoneiro mais famoso do Brasil completa 110 anos, o Memorial Luiz Gonzaga, no Recife, reabriu as portas para matar a saudade do cantor, após passar por reforma.

Ao longo de meio século de carreira, Luiz Gonzaga deixou 44 discos de vinil e mais de 50 discos compactos, sem contar os discos gravados em 78 rotações e as coletâneas. Em suas obras, ele levou para o Brasil inteiro a identidade que ele criou para o Nordeste: sanfona, chapéu de couro e gibão.

Gonzaga, assim, abriu espaços em áreas onde era difícil para um nordestino entrar. O livro “Luiz Gonzaga 110 anos do nascimento” é um box com histórias, cartazes, fotos raras e documentos de toda a vida de Gonzagão.

Segundo o autor, pesquisador Paulo Wanderley, também é possível ouvir a voz do próprio cantor falando da própria vida, por meio de QR Codes que podem ser acessados com o celular. Foi o material guardado durante toda a vida do fã, que decidiu agora homenagear o ídolo com um livro.

Na publicação, é possível conhecer o que diziam, na época, as revistas e as notícias que falavam sobre Gonzagão. Os relacionamentos dele, os filhos, os netos, as viagens, acidentes que sofreu. São quase 500 fotos de uma história rica e que jamais vai ser esquecida.

*A notícia completa está na versão impressa do Jornal da Manhã.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -spot_img

Últimas notícias