35.8 C
Ijuí
quarta-feira, dezembro 7, 2022

Modulada é referência no trabalho prisional

Iniciado em 2019, o trabalho prisional promovido na Penitenciária Modulada de Ijuí é, cada vez mais, tratado como referência em todo o País. A atividade, acima de tudo, visa ampliar o leque de oportunidades e ressocializar o preso junto à sociedade. Atualmente, 71 apenados estão contratados, via convênio, por três empresas instaladas nos pavilhões da instituição prisional. Cada um deles, a cada três dias de trabalho, recebem um dia de remissão de pena. Além disso, recebem 75% do salário mínimo, que aumenta até 1,2 salário de remuneração, conforme as metas de trabalho atingidas.

Durante 30 meses do projeto, houve, em média, 51 apenados trabalhando, o que gerou de cerca de 10 meses de remissão para cada um. Isso renderá uma economia de quase R$ 1 milhão para o Estado.

“O projeto de trabalho prisional representou dentro da Modulada uma mudança cultural. Havia pavilhões de trabalho desde a fundação e eles eram subutilizados, agora essa realidade é diferente. A oportunidade no sistema prisional é bastante rara. A maior parte das ligas de trabalhos que existem nos presídios são ligas de manutenção, alimentação, cozinha, limpeza e estrutura, mas uma liga de trabalho remunerada, existe em questão de 10 a 15% do sistema prisional brasileiro”, ressaltou o diretor de projetos da Modulada, Cidinei Cichoves.

*A notícia completa está na versão impressa do Jornal da Manhã

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -spot_img

Últimas notícias

DEFINIDAS AS QUARTAS DE FINAL

RESULTADO ÉPICO DO MARROCOS

Colmeia do Saber doa bolsas ao Cacon