29 C
Ijuí
sexta-feira, dezembro 9, 2022

O PREÇO DA TRAIÇÃO

**As eleições no primeiro turno deixaram como uma primeira lição mais uma vez o fracasso dos institutos que averiguam a intenção de voto. Eles erraram muito e em muitos lugares, especialmente para Presidente da República, no Estado de São Paulo e aqui no Rio grande do Sul. Os institutos de pesquisa saíram derrotados dessas eleições.

** Já existem pessoas no congresso preocupadas em regulamentar os institutos de pesquisa, porque hoje em dia eles não têm nenhum tipo de controle. Todos eles recebem grandes pagamentos do contratante e é lógico, eles têm lado. E no final influenciam na eleição, ainda mais quando tem este lado escancaradamente colocado, como está sendo nas eleições. Fala-se inclusive que, o melhor de tudo seria simplesmente acabar com os institutos de pesquisa.

** Essas eleições também trouxeram muitas lições para quem não foi fiel no seu mandato e para quem traiu as suas posições. E aí nós temos exemplos claros de quem não se reelegeu. A começar por Joice Hasselmann, que fez na outra eleição 1.078.666 votos e agora fez 13.679 mil votos em São Paulo.

** O mesmo aconteceu com Alexandre Frota, que não se reelegeu, Ivan Valente, Fernando Pimentel, César Maia, Rodrigo Maia e mais uma série de outros candidatos. Muitos deles tinham ligação muito forte com o Presidente Bolsonaro nas outras eleições e mudaram de posição. A punição veio através do voto.

** Existiram diversos candidatos com votações enormes, mas um deles superou a todos. O jovem Nikolas Ferreira, do PL de Minas Gerais, que para deputado estadual fez 1,49 milhão de votos. Um fenômeno de 26 anos.

** Confirmado aquilo que já se dizia de Ijuí. O excesso de candidatos a deputado estadual fez com que nenhum novo deputado se elegesse. Só ficou o antigo, que agora vai o 6º mandato. Mais uma lição para as próximas eleições.

** As atividades preliminares da Expofest Ijuí, como a apresentação em Porto Alegre no teatro São Pedro, o baile das Etnias, e a movimentação que existe por aí, mostra que teremos um grande evento. Vai “bombar”, como se diz. E é mais do que justo que, depois de dois anos recolhidos em casa, queiramos uma grande festa e muitos negócios. Aqueles que pensam diferente estão enganados. Vai vencer a ideia daqueles que dizem que a Expofest Ijuí é além de diversão, um grande evento de mercado e de negócios também. Parabéns a todos que acreditaram.

** 32 milhões de brasileiros não foram votar.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -spot_img

Últimas notícias