11.3 C
Ijuí
terça-feira, outubro 4, 2022

Vereador quer mudar local do Instituto Penal

Na última sessão do Legislativo de Ijuí, o vereador Josias Pinheiro (PDT) defendeu que o Instituto Penal de Ijuí seja transferido do bairro da Penha para um outro local mais adequado. O político conta que o assunto foi retomado após vereador Bíra Erthal (PL) falar do anteprojeto para criar um fundo municipal penitenciário.

“Já morei no bairro da Penha em 2010 e desde aquela época havia essa demanda. Nesses 20 meses de mandato como vereador, tenho recebido de moradores essa demanda”, relata o parlamentar.

Pinheiro conta que vários moradores tem levado essa preocupação devido a circulação de albergados naquele local.

“Há albergados, em diferentes situações, circulando neste espaço. Alguns por casos mais leves e outras situações mais graves. Conversei com comerciantes que relataram abrir as portas de seus estabelecimentos após as 7h30, porque as 7h são liberados os albergados.

O edil salienta que quer, na verdade, abrir um debate com a comunidade sobre o assunto. “Vamos conversar com a direção da Penitenciária Modulada de Ijuí e do Instituto Penal, assim como com representantes do Estado. Sei que não vai ser da noite para o dia o encaminhamento desta solução. Vai ser preciso verificar um novo espaço.”

Ele diz que a ideia é discutir com os moradores do bairro um melhor aproveitamento da área que fica na região Sul que hoje não tem espaços de lazer. “No local que é amplo poderiam ser feitos passeios para caminhada; a instalação de um clube de mães, uma capela mortuária, a ampliação da ESF do bairro ou uma boa praça com espaços para práticas esportivas.”

Josias Pinheiro, que se licenciou da presidência do PDT, também fala sobre a decisão do Tribunal de Justiça que julgou improcedente a ação do partido em relação aos índices de correção do Executivo de Ijuí sobre o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). “Respeitamos a decisão da Justiça, embora não concordemos com ela. O PDT ficou do lado da população, que tem dificuldades para o pagamento de tributos. O Executivo de Ijuí poderia ter mantido o índice correção entre 9 a 11% sobre IPTU predial, como fizeram outros municípios da região, e não os 15%. O prefeito já sinalizou que no próximo ano vai ser diferente. Isso mostra que estamos com a razão mesmo com essa decisão da Justiça.”

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -spot_img

Últimas notícias