16.6 C
Ijuí
sexta-feira, setembro 30, 2022

“A violência é cultural e precisa ser mudada”

É preciso quebrar o ciclo da violência, achar que é normal submeter as mulheres e pessoas que estão em situação de fragilidade a qualquer tipo de situação

A Polícia Civil está com novo titular na Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam), de Ijuí. O novo delegado, Rogério Auler, natural de Santa Catarina, assumiu a delegacia no início desta semana e aposta nos seus quase 20 anos dentro da Brigada Militar para desempenhar um bom trabalho no combate à violência doméstica no município. Ele ingressou em 2003 na BM, como soldado. Em 2010 virou sargento e estava fazendo curso para capitão quando foi chamado no concurso paradelegado. “Acabei optando. Era um sonho profissional e pessoal, então resolvi seguir carreira na Polícia Civil”, destaca Auler, em entrevista ao JM.

À frente da Deam de Ijuí, o novo delegado, que foi empossado na última quinta-feira, na turma formada na Academia de Polícia (Acadepol), afirma que buscará manter as boas práticas que já vinham sendo implementadas e executadas no município. “Percebemos que a equipe é engajada, comprometida, se dedica e tem paixão pela causa. Tudo que está funcionando pretendemos manter e algumas coisas que podem melhorar vamos estudar para atender da melhor forma possível a comunidade, que merece ser bem atendida por todos os órgãos públicos. Na Deam não será diferente”, ressalta.

O aumento da violência doméstica tanto no Estado, quanto no município tem chamado a atenção nos órgãos de segurança. Neste sentido, o novo delegado afirma que há a questão cultural e que é preciso quebrar este paradigma.

“É cultural, histórica e precisa ser mudado. Temos que combater e reprimir qualquer tipo de violência nesse sentido, mas a ideia é ir além a longo prazo, em especial na questão de educação, começando nas bases, que são as crianças.

É preciso quebrar o ciclo da violência e achar que é normal submeter as mulheres e pessoas que estão em situação de fragilidade a qualquer tipo de constrangimento. É esse o grande desafio”, salienta Auler, completando que isso não se faz apenas com a Polícia, mas também com outras instituições. “Viemos para agregar, fazer nossa parte e apurar os crimes, contribuindo com as demais instituições para mudar a cultura atual.”

Segundo Auler, toda a estrutura da Deam está à disposição da comunidade. Estamos de portas abertas e quem precisar de algum atendimento, pode chegar para conversar. Estamos aqui para toda a comunidade de Ijuí”, completa o novo delegado.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -spot_img

Últimas notícias

INTERNACIONAL

DEMISSÃO

DIVULGAÇÃO