16.6 C
Ijuí
sexta-feira, setembro 30, 2022

RS é referência no diagnóstico de varíola

Os laboratórios do Centro Estadual de Vigilância em Saúde (CEVS) foram oficializados pelo Ministério da Saúde como um dos oito centros de referência do País aptos a realizar o diagnóstico da varíola do macaco. De acordo com o governo gaúcho, esta é a primeira vez que os laboratórios do RS se tornam referência na detecção de uma doença infecciosa, ganhando importância nacional.

O trabalho está sendo conduzido pelo Centro de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CDCT) e pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Estado (Lacen-RS), que integram a estrutura do CEVS. A área de cobertura do CDCT/Lacen-RS será toda a região Sul do Brasil. O centro de testagem deve receber as amostras de casos suspeitos do Paraná e de Santa Catarina, além do próprio Rio Grande do Sul.

Mesmo sendo referência na testagem, o Estado tem visto aumentar os números de casos da doença. O Rio Grande do Sul tem 82 casos confirmados de varíola do macaco distribuídos em 22 municípios, segundo o novo boletim da Secretaria Estadual de Saúde (SES) divulgado ontem.

A grande preocupação é em relação a uma possível epidemia que vai surgindo, que pode desafiar novamente o sistema de saúde. “Não terminamos ainda a covid. Temos muitos problemas de vacinação e pessoas com muitas sequelas. Agora vem a varíola dos macacos e não temos vacina em quantidade suficiente para ela. É uma situação grave e nós temos a necessidade de ter ampla divulgação para evitar uma contaminação em massa”, salienta o presidente do Conselho Estadual de Saúde (CES/RS), Claudio Augustin, que comenta que a doença está no Brasil e no Estado e teve gente que já morreu em razão dela, por isso é um problema sério de saúde pública. “Nós solicitamos à Secretaria Estadual de Saúde que providencie o quanto antes os imunizantes. Sabemos que é difícil, mas o Estado deve comprar, mesmo que haja dificuldade.”

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -spot_img

Últimas notícias

INTERNACIONAL

DEMISSÃO

DIVULGAÇÃO