13.2 C
Ijuí
terça-feira, outubro 4, 2022

Fundopem amplia investimentos no RS

O Fundopem Express está atraindo muitas empresas de menor porte que antes não tinham acesso ao incentivo

Nos primeiros sete meses de 2022, o Fundo Operação Empresa (Fundopem/RS) já superou, em volume de investimentos aprovados para o Rio Grande do Sul, todo o ano de 2021. Até julho, foram R$ 759 milhões aprovados contra R$ 474 milhões ao longo do ano passado. O número de empregos previstos até o mês passado é de, aproximadamente, 1,8 mil, enquanto, em 2021, foram 610 empregos diretos criados a partir do programa.

Da mesma forma, o número de projetos aprovados de 2021, 48 no total, já foi batido, com 51 iniciativas validadas pelo Fundopem até o mês de julho. A previsão da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado é de que, até o final deste ano, o total de investimentos por meio do incentivo chegue a aproximadamente R$ 1,5 bilhão.

Conforme o coordenador adjunto do Sistema Estadual para Atração e Desenvolvimento de Atividades Produtivas (Seadap), Gustavo Rech, o crescimento em todos os índices sobre o ano passado ocorreu pelos efeitos da pandemia do novo coronavírus e pelo Fundopem Express. A modalidade, aprovada pela Assembleia Legislativa no ano passado junto à proposta de reforma do programa, é voltada para pequenas e médias empresas, cujo faturamento anual é de até R$ 300 milhões. Além disso, permite a apropriação direta do crédito de ICMS, ou seja, sem a necessidade de financiamento “No ano passado, os empresários estavam segurando os investimentos e o Fundopem Express está atraindo muitas empresas de menor porte que antes não tinham acesso ao incentivo”, explica Rech.

Na esteira da modernização do Fundopem aprovada pelos deputados, outro avanço que contribuiu para o melhor desempenho observado este ano pela iniciativa foi o processo de desburocratização da concessão do benefício. No Express, o tempo médio para habilitação e concessão é de 80 dias. Na modalidade tradicional, após a aprovação da legislação, a média de tempo caiu de cerca de um ano para aproximadamente 230 dias, segundo o coordenador adjunto.

Entre as propostas de destaque deste ano, está a ampliação da fábrica de móveis Todeschini, em Bento Gonçalves – estimada em R$ 272 milhões – e a ampliação e duplicação da capacidade produtiva da fabricante de embalagens de vidro Verallia, no município de Campo Bom. Atualmente, na fila de espera do Fundopem, há por volta de 90 propostas em análise.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -spot_img

Últimas notícias