10 C
Ijuí
terça-feira, outubro 4, 2022

Aumento de casos de covid preocupa

O que parecia ter diminuído nos últimos meses, os casos de covid-19, tem voltado a crescer no município. A informação é do setor epidemiológico do município, que registrou na última semana o total de 322 casos positivos da doença, um grande crescimento em relação à semana anterior, quando 190 casos foram confirmados. Além disso, duas mortes ocorreram em menos de sete dias.

Nesta semana, os dados seguem em alta. Conforme dados de atendimentos no Centro de Triagem, de segunda a quarta-feira, foram feitos 388 testes em pessoas com sintomas respiratórios. Desses, 125 casos de covid-19 foram confirmados, média de 34% de registros positivos diários. A maioria dos casos, no entanto, são de pacientes sintomáticos leves, que recebem a medicação sintomática, e são indicados a ficar em repouso, o que ajuda a resolver a situação do paciente. Atualmente, poucos casos são encaminhados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), cerca de 2 a 5 por semana, na média.

Segundo a enfermeira da vigilância epidemiológica, Andreia Amorim, o aumento de 40% nos casos positivos em uma semana tem algumas razões. Conforme ela, a maior parte dos casos seguem sendo de adultos jovens, contudo houve aumento significativo nos casos entre as crianças. “Há também relação com as mudanças climáticas. Assim como acontece com a gripe, o vírus da covid tem a sua porta de entrada nas vias aéreas superiores, então se uma pessoa estiver com nariz escorrendo, gripada, vai ter mais probabilidade de adquirir o vírus. Por isso a importância das crianças estarem com nariz sempre limpo e vestindo um bom agasalho”, destaca Andreia.

Uma questão importante é a vacinação. Muitas pessoas ainda não completaram o esquema vacinal, na cidade (43%), o que ajuda a ampliar o número de casos. O principal problema é em relação à vacinação infantil. Atualmente, conforme monitoramento feito pela Secretaria Estadual de Saúde (SES), com dados atualizados na manhã de ontem, somente 41% das crianças entre 5 a 11 anos estão com esquema completo. Já as crianças com 3 e 4 anos, que tiveram vacinação liberada há 1 mês, somente 6,5% do público alvo foi imunizado.

A baixa procura tem incentivado o governo do Estado afazer ações para ampliar os dados. Uma dessas ações é de que as escolas públicas e privadas poderão ser espaços para a vacinação no Rio Grande do Sul. A medida havia sido autorizada pela Secretaria Estadual de Saúde (SES) e começa na próxima quarta-feira. No início da mobilização, não serão todas as instituições de ensino que terão vacinas disponíveis: apenas algumas escolhidas pela Secretaria Estadual da Educação (Seduc). A pasta ainda não divulgou detalhes de como a aplicação será feita.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -spot_img

Últimas notícias