10.1 C
Ijuí
segunda-feira, outubro 3, 2022

Fernando Antes avalia a intertemporada do São Luiz

O São Luiz está fechando 10 dias de intertemporada, a segunda semana. O preparador físico Fernando Berwig Antes em entrevista ao Jornal da Manhã disse que o grupo se apresentou em um nível bem aceitável de condicionamento físico principalmente no nível de força, em cima dos testes de salto e percentual de massa muscular e gordura que foram feitos nos primeiros dias de apresentação.
“É bastante aproveitável essa integração entre a comissão técnica na organização e estruturação dos treinamentos. Procuramos ondular as cargas, não trabalhar todo o dia a mesma valência física predominante, utilizandode muito diálogo, uma lealdade entre a comissão e os jogadores. Salientamos muito isso para colher os frutos lá na frente”.
Fernando Antes disse que de novidade neste ano foi implantado um sistema de monitoramento, de bem-estar, sono, qualidade da recuperação, humor, e stress.
“ Isso eles respondem todos os dias antes de começar o treinamento. No celular deles vai um link, eles respondem e chega em tempo real para o meu computador já classificando os jogadores que estão mais cansados, se tem alguma dor muscular muito forte,alguma dor localizada que preocupa mais, que a gente tenha que tirar algum atleta de algum treinamento ou também reduzir ou aumentar o nível de volume e intensidade destes treinamentos”.
O preparador físico citou o fato de muitos jogadores chegarem com ritmo de competição, minutagem neste ano, se apresentarem bem mais aceitável em termos de condicionamento de força, aeróbico e potência.
“Desde as primeiras atividades a gente procurou integrar tanto o trabalho com bola com trabalhos físicos, atividades de força,e potência, nestas variáveis que a gente acha que no momento é o ideal para trabalhar com eles.Com o apoio do Eduardo Bandeira da Fisioterapia, a gente realizou alguns testes relacionados à mobilidades articulares, encurtamentos musculares para a gente procurar individualizar alguns trabalhos e procurar evoluir da melhor maneira possível cada atleta.Na realidade procuramos na sessão predominar uma valência física estipulada, que isso também correlaciona em tempo de execução das ações. Tem jogadores que por características eles jogam mais posicionais. As vezes no minijogo eles não contemplam o volume de treinamento e a intensidade que a gente quer atingir.A gente traz para a parte mais analítica que alí possui um controle real do que ele vai corrrer e da intensidade que vai desenvolvere para essa atividade.Assim a gente procura equalizar as cargas em cima da função que ele exerce no campo e da individualidade de cada jogador”.
Fernando Antes disse que neste primeiro amistoso de terça-feira contra o TAC de Três Passos a ideia é utilizar todo o grupo que o técnico William Campos tem á disposição.
“Como a gente vem de um período inicial de preparação, vai dar um volume e uma minutagem para todos até para observação destes jogadores em campo. As variáveis de condicionamento andam juntas tanto tática, técnica, física, mental e cognitiva. Isso não se separa. O jogo gera um stress maior. Então analisamos o comportamento do jogador também de forma emocional como ele se comporta com uma certa sobrecarga de preparação. Acredito que diante do Inter-SM mais próximo da competição o William vai utilizar o time ideal para começar a competição, dando rodagem e entrosamento da equipe.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -spot_img

Últimas notícias