14 C
Ijuí
segunda-feira, outubro 3, 2022

Consumo de produtos sustentáveis mais que dobrou no Brasil

Estudo inédito sobre o consumo on-line de produtos com impacto positivo, aqueles que promovem a redução de impactos no meio ambiente e/ou a geração de benefícios socioambientais foi divulgado pelo Mercado Livre, plataforma de vendas on-line. Realizada a partir de dados colhidos entre abril de 2021 e março deste ano, a pesquisa aponta que dobrou o consumo de produtos sustentáveis no Brasil, Argentina, Chile, Colômbia, México e Uruguai.

Chamado de ‘Tendências de consumo on-line com impacto positivo’, o estudo detalha ainda que cerca de 4,3 milhões de pessoas adquiriram mais de 7,3 milhões de produtos sustentáveis no último ano. O Brasil corresponde a 40% desse mercado, cujo crescimento das vendas foi duas vezes maior em relação ao levantamento anterior.

Segundo o estudo, o Brasil se destaca mais uma vez e já responde por 53% dos compradores da categoria, crescimento de mais de 123% em relação ao levantamento anterior, indicando a forte tendência de expansão do consumo de produtos que geram benefícios para o planeta e para as pessoas, promovendo um estilo de vida, hábitos e comportamentos mais sustentáveis. Em relação ao volume de consumidores, o Brasil também se sobressai: 32% mais brasileiros optaram por itens dessa categoria, enquanto o crescimento na América Latina foi de 29%, número igualmente expressivo.

Desde 2020, quando esse estudo passou a ser produzido, houve uma recuperação na região, onde o total de vendedores da categoria subiu 37%. No Brasil, o crescimento acumulado supera os 45%. Ao analisar o comportamento de compra na região, para mais de 380 mil usuários, a primeira compra na plataforma foi de um produto sustentável — 48% deles no Brasil. Em toda região, o número de empreendedores e marcas que oferecem produtos de impacto positivo atingiu 63 mil, sendo que 38% deles se encontram no Brasil.

Casa & Móveis foi a categoria líder em vendas no Brasil e na região, sobretudo composteiras e iluminação à base de LED; assim como a seção de Eletrodomésticos, com produtos de alta eficiência energética. Fazem parte dessa lista as categorias de Alimentos & Bebidas, principalmente orgânicos ou veganos, além de Esporte & Fitness, Beleza & Cuidado Pessoal. As categorias que mais cresceram no país foram Games (712%) e Celulares (517%) recondicionados, e Alimentos & Bebidas (235%).

No Brasil, os 10 produtos sustentáveis mais vendidos no período foram: lâmpada LED, purificador de água, bicicleta, aparelho de ar-condicionado com eficiência energética (A ou mais), máquina de lavar e secadora de roupas com eficiência energética, garrafa reutilizável, micro-ondas com eficiência energética, cápsula de café recarregável, geladeira com eficiência energética e coletor menstrual.

Já os termos mais procurados na plataforma brasileira foram bicicleta, garrafa térmica, lâmpada solar, copo menstrual, fralda ecológica, carro híbrido, escova de bambu, cápsula reutilizável, composteira doméstica e horta vertical. A bicicleta liderou as buscas nos seis países pesquisados. As categorias buscadas que mais cresceram no país foram purificadores de água (82%), garrafa térmica (75%) e fralda ecológica (53%).

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -spot_img

Últimas notícias