13.9 C
Ijuí
segunda-feira, outubro 3, 2022

BM descarta retomada de guerra de facções criminosas em Ijuí

Mesmo com o registro de dois homicídios no mês de agosto, Ijuí segue sendo uma das cidades com os melhores índices de combate ao crime do Estado em 2022.

Na segunda-feira, o comandante do 29º BPM, tenente-coronel Edilson Góes, juntamente com o delegado regional, Ricardo Miron, estiveram em Porto Alegre, na reunião estadual do RS Seguro, onde apresentaram os índices e as ações que foram utilizadas para combater o crime organizado na cidade, que ajudaram a diminuir o número de homicídios.

Foram cinco mortes em Ijuí, sendo as duas últimas neste mês, que ocorreram após quatro meses sem registros do crime. Nos dois últimos casos, houve uma rápida resposta, com a prisão de envolvidos. Segundo o comandante, o primeiro, que ocorreu no dia 4, no bairro Alvorada, foi em razão da guerra de facções. E o segundo, em decorrência de dívidas do tráfico.

“A disputa de facções não acontecia há algum tempo. Ela acontece toda vez que alguém de facção rival entra no território do outro”, destaca Góes.

O tenente-coronel salienta que mesmo que tenha tido um conflito, os números mostram os crimes estão reduzindo devido ao trabalho integrado de segurança. “Na medida que um lado domina a região, a situação fica apaziguada.

Toda vez que o outro lado tenta entrar no território, existe a disputa. Mas nós, diuturnamente, com as guarnições de serviço e Força Tática, que fazem paradas táticas, abordagens e muitas prisões, temos controlado.”

Conforme Góes, prendendo e retirando de circulação pessoas envolvidas com o tráfico, se combate as facções criminosas. “A forma da BM reduzir os índices e os homicídios é fazendo o trabalho de policiamento, para evitar esses crimes e controlá-los”, conclui.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -spot_img

Últimas notícias