13.2 C
Ijuí
terça-feira, outubro 4, 2022

Ações já recuperaram quase R$ 700 mil pagos a financeiras

A maioria das financeiras não respeita o valor que pode complementar a sua renda pegando empréstimo, que é de 45% da aposentadoria

Ações judiciais encaminhadas via Associação dos Aposentados e Pensionistas de Ijuí já conseguiram restituir quase R$ 700 mil pagos de forma irregular por pessoas acima de 60 anos via empréstimos de agentes financeiros de Ijuí e região.

Em meio ao aumento recorde do endividamento, o retorno financeiro tem se tornado um alívio para o bolso de pensionistas e aposentados do INSS, que viram na oferta fácil, no prazo longo uma oportunidade de pagar uma conta, compra móveis, mas que no fim se tornou uma bola de neve que somente fez crescer o endividamento.

De acordo com o Banco Central (BC), o endividamento das famílias com o sistema financeiro estava em 52,7% da renda acumulada dos últimos 12 meses em março (dado mais recente disponível). Se excluído da conta o crédito imobiliário, que tem prazos mais longos e volumes maiores, o patamar era de 33,2%. Ambos são os maiores para a série histórica iniciada em 2005. Dados da Pesquisa Nacional de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), também mostram que a proporção de famílias com dívidas a vencer era de 78% de julho e 29% estão com contas atrasadas –altas de 0,7% e de 0,5%, respectivamente, na comparação com junho. Os números são os maiores desde o início da pesquisa, em 2010.

“No empréstimo consignado o juro não é abusivo, ele dá para pagar. Agora, a maioria das financeiras não respeita o valor que o pessoal pode complementar a sua renda pegando empréstimo, que é 45% da aposentadoria. Aqui aparece gente com até 85% do salário comprometido e aí o juro é altíssimo. Então, esse é um trabalho que fizemos na associação e que deu certo. São praticamente dois anos e meio que nós estamos trabalhando nessa área e temos ajudado muita gente nesta questão financeira”, disse o presidente da entidade, Leoveral de Oliveira, em entrevista ao JM.

Desde que iniciaram os trabalhos para reduzir os endividamentos, 4,3 mil idosos procuraram a associação. Mais de 91% (3.680) deles buscavam ajuda para aliviar as contas. Oliveira explica que após receber o atendimento jurídico, os advogados da associação entram em contato para negociar com as financeiras para tentar um acordo sem entrar na esfera judicial.

“Muitas vezes se faz um acordo entre as partes, baixam os juros e as financeiras devolvem um certo valor. Mas muitos têm que entrar com processo na Justiça. Dessas 4003 pessoas, a grande maioria já está resolvida a situação.

É o pessoal que já recebeu os valores, que já somam R$ 684 mil devolvidos aos amigos aposentados”, afirma Oliveira, lembrando que o valor poderia ser maior, mas como não houve acordo entre as partes, o jurídico da associação entrou na Justiça. “Tem muitos processos pendentes, pois a Justiça é um pouco demorada, mas teve pessoas que já receberam R$ 15 mil, mas a maioria é R$ 1 mil a R$ 2 mil. O valor depende do tempo que eles fazem esses empréstimos”, acrescenta.

Associação dos Aposentados e Pensionistas de Ijuí fica localizada na Praça da República, ao lado loja de artesanato. O atendimento ocorre de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 16h. Contato: 55 3331-1198. E-mail: leoveral.oliveira@gmail.com.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -spot_img

Últimas notícias