14 C
Ijuí
segunda-feira, outubro 3, 2022

Ipec traz Leite com 32% e Onyx com 19% na disputa ao Piratini

O ex-governador Eduardo Leite (PSDB) lidera a primeira pesquisa contratada para aferir as preferências do eleitor gaúcho ao governo do Rio Grande do Sul em 2022. No cenário estimulado, no qual o eleitor recebe um cartão com os nomes dos candidatos, Leite tem 32% das intenções de voto. Em segundo lugar, aparece Onyx Lorenzoni (PL), com 19%, seguido por Edegar Pretto (PT), com 7%, e Luis Carlos Heinze (PP), com 6%. Como a margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos, Pretto e Heinze estão tecnicamente empatados.

No limite da margem de erro, Vieira da Cunha (PDT), com 3%, também aparece tecnicamente empatado com Pretto e Heinze. Roberto Argenta (PSC) e Rejane de Oliveira (PSTU) tem 2% cada um. Paulo Roberto (PCO), Ricardo Jobim (Novo) e Vicente Bogo (PSB) têm 1% cada um. Carlos Messalla (PCB) não pontuou. Os eleitores que pretendem votar em branco ou nulo somam 12%, enquanto outros 14% ainda não escolheram seu candidato.

Quando a pesquisa contabiliza apenas os votos válidos, considerando somente os votos atribuídos aos candidatos — que é como o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) totaliza os votos —, Leite tem 44% e Onyx, 25%. Ainda nesse cenário, Pretto tem 9%, Heinze tem 8% e Vieira da Cunha, 4%.

Na pesquisa espontânea, quando não são apresentados os nomes dos candidatos, Leite teve 12% das citações, seguido por Onyx com 6% e Pretto, com 3%. Heinze tem 2%, enquanto Viera e Argenta tem 1% cada um. Bogo e Paulo Roberto não pontuaram. Nesse cenário, 64% ainda não sabem em quem votar ou não respondeu e 8% declararam preferência por votar em branco ou nulo.

O Ipec foi criado por ex-executivos do Ibope Inteligência após o seu encerramento. O novo instituto de pesquisa atua na área de consultoria e inteligência em pesquisas de mercado, opinião pública e política.

A pesquisa foi realizada com 1.008 pessoas em 56 municípios do Estado, entre os dias 12 e 15 de agosto. A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que significa que se ela for aplicada cem vezes, daria resultados dentro da margem de erro em 95 casos. O levantamento foi registrado no TRE/RS sob o número RS-08381/2022.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -spot_img

Últimas notícias