11.3 C
Ijuí
quarta-feira, outubro 5, 2022

Ceriluz faz aquisição do Hotel Fonte Ijuí

Com quase 80% dos associados da Cooperativa de Energia de Desenvolvimento e Ijuí Ltda (Ceriluz) acima dos 60 anos, a cooperativa de eletrificação rural comprou o Hotel Spa Fonte Ijuí e irá transformá-lo em um lar para idosos.
Na última sexta-feira, a negociação foi oficializada em reunião dos conselhos que ocorreu na própria estrutura do hotel, localizada a 14 quilômetros de distância da cidade de Ijuí, no distrito de Chorão. Na oportunidade foram debatidos as condições de aquisição e o destino que será dado àquele ambiente. Já está definido que a estrutura ali existente será utilizada para a consolidação do projeto social da Ceriluz.
A intenção é aproveitar a infraestrutura de hotelaria e lazer já existentes, que inclui acomodações, piscina aquecida, academia e outros, para promover um ambiente de repouso e cuidados à saúde para associados que estão na chamada Melhor Idade. A área adquirida totaliza 26 hectares que, além infraestrutura hoteleira, possui ampla área verde, composta de floresta nativa, que também vem ao encontro das necessidades ambientais da cooperativa para compensar os impactos gerados pelas suas atividades de geração e distribuição de energia. “Com pequenas modificações nas estruturas desse prédio, nós teremos condições de, em breve, fazer com que aqui nosso associado possa ter um momento final de vida digna, o que vem ao encontro de todas as ações socioambientais idealizadas e implantadas pela Ceriluz, por meio de nosso Programa Além da Energia”, avalia o presidente da Ceriluz Geração, Iloir de Pauli. Segundo ele, a intenção é criar um projeto de referência no Estado.
“Quando surgiu essa oportunidade, nos debruçamos sobre ela e passamos a trabalhar para que essa estrutura do Hotel Fonte Ijuí, que é um patrimônio do município, ficasse para uma empresa de Ijuí. E assim fizemos, pensando na necessidade de dar atenção aos nossos associados idosos e suas famílias”, salienta o vice-presidente da Ceriluz, Valmir Seifert.
O investimento inicial será feito pela Ceriluz Geração, proprietária das usinas, cujos resultados são reinvestidos nas iniciativas sociais da Cooperativa, do Programa Além da Energia, que entre outros benefícios oportuniza um plano de saúde aos associados, um seguro residencial, auxílio funeral e também ajuda a viabilizar a expansão das redes de fibra óptica. O projeto no antigo hotel será mais uma iniciativa com esse caráter social. “Quando criamos a Ceriluz Geração, separando seus negócios da Ceriluz Distribuição, o fizemos justamente com esse objetivo, de permitir investimentos com finalidade socioambiental, sem impactar nos serviços de distribuição de energia”, explica Iloir de Pauli.
Conforme a direção da Cooperativa, o desafio agora será construir uma proposta que dê autonomia ao projeto, buscando parcerias e verificando a melhor forma jurídica para gerir a iniciativa, tornando possível colocá-la em prática num curto prazo.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -spot_img

Últimas notícias