10 C
Ijuí
terça-feira, outubro 4, 2022

Varejo de moda recupera vendas pré-pandemia

A empresária Ligia Aline Metz viu aumentar as vendas da sua loja de vestuário com o fim das medidas de distanciamento social impostas pela pandemia de covid. Ela precisou contratar uma funcionária, ampliou as vendas on-line e busca na possibilidade da melhor experiência do consumidor, gerar bons resultados no faturamento. “Nossa expectativa é crescer 16% neste segundo semestre”, afirma a proprietária da Loja Atitude.Com.
Como Lígia, a maioria dos estabelecimentos do ramo de vestuário do Rio Grande do Sul (53,5%), e optantes do Simples Nacional, conseguiu recuperar o movimento de vendas comparado ao período pré-pandemia, enquanto 27,7% já operam com um volume de vendas superior. O resultado faz parte da Sondagem de Segmento de Vestuário feita pela Fecomércio-RS entre os dias 23 de maio e 11 de junho de 2022.
Quando questionados acerca de alguma medida implementada para mitigar perdas de receitas, 65,7% afirmaram ter realizado alguma ação. Dentre as principais destacaram-se a divulgação dos produtos nas redes sociais (77,1%) e as promoções (28,5%). O reforço nos canais digitais foi citado pela minoria dos entrevistados (38,4%), sendo que dentre os que reforçaram a atuação nesse meio, 91,2% relataram que os resultados foram positivos.
Quanto à avaliação da situação atual, 69,4% classificaram as vendas como boas, muito boas ou excelentes nos últimos 6 meses. Na avaliação das vendas do Dia das Mães, 43,9% classificaram seu desempenho como melhores do que do mesmo período de 2021. Na ocasião da pesquisa, 59,8% tinham expectativas otimistas para as vendas do Dia dos Namorados. Quanto a expectativas, para 67,2% dos entrevistados e esperada alguma melhora nas vendas nos próximos 6 meses. Quanto à economia, essa proporção é de apenas 47,8%.
Entre o perfil de quem respondeu ao levantamento, 86,5% revelou atuar para o público adulto-feminino. O segundo principal foco é o adulto-masculino (58,4%). A juvenil-feminina e juvenil-masculina está presente em 39,2% e 30,6% dos estabelecimentos, respectivamente.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -spot_img

Últimas notícias