16.7 C
Ijuí
terça-feira, agosto 16, 2022

Júri condena réus por homicídio de adolescente

Após 13 horas de julgamento, o Tribunal do Júri da Comarca de Ijuí condenou, na noite de ontem, quatro réus pelo homicídio duplamente qualificado de Carlos Eduardo Santos, 17 anos, ocorrido em 1º de junho de 2017, na rua Adolfo Hoese, bairro Boa Vista.
De acordo com o juiz Eduardo Giovelli, que presidiu o júri, Felipe de Almeida Rolim teve a pena final fixada em 19 anos de reclusão, regime fechado.

Tiago Regliski teve a pena final em 14 anos de reclusão em regime inicial fechado.
Wendel da Silva Pereira teve a pena final fixada em 15 anos de reclusão em regime inicial fechado. Cassiano Felipe dos Santos teve a pena final em 14 anos de reclusão em regime inicial fechado.

De acordo com a sentença, os réus Felipe, Cassiano e Wendel seguem presos para recorrer, sendo Felipe em Santa Maria. Tiago poderá recorrer em liberdade.
De acordo com a denúncia do Ministério Público (MP), Rolim, de dentro da Penitenciária Modulada de Ijuí teria, via whatsapp, ordenado a Cassiano e Wendel que executassem a vítima.

No dia do assassinato, os denunciados solicitaram a colaboração e o apoio material e logístico de Tiago. Tudo foi combinado por meio de troca de mensagens. Os três foram de carro, um Gol, conduzido por Tiago, em direção à residência da vítima, então Wendel, portando uma arma, desceu do veículo, caminhou pequena distância e aguardou a chegada do alvo. Em seguida, quando a vítima chegou no local com a motocicleta que conduzia, foi alvejada com os disparos.

O adolescente, apesar de tentar fugir, foi perseguido e alvejado novamente pelas costas, morrendo no local. Wendel voltou ao carro e os três executores fugiram do local do crime.
O mandante do crime, que ainda está recluso no sistema prisional, é um conhecido traficante de Ijuí e região, dono de pontos de vendas de drogas. Segundo o MP, os denunciados Cassiano e Felipe frequentavam um dos pontos de venda do líder da facção. A vítima era usuário de drogas e traficava entorpecentes para Felipe. No entanto, na época do crime, teria vendido entorpecentes para um grupo rival, o que teria sido o motivo da execução.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -spot_img

Últimas notícias