20.5 C
Ijuí
sábado, dezembro 3, 2022

Uruguai aposta no enoturismo para atrair brasileiros

O consumo de vinhos per capita no Uruguai registra 24,5 litros por ano, enquanto os números de exportação atingem a cifra de mais de 5 milhões de litros, sendo o Brasil o País que mais importa rótulos uruguaios e responde por 70% do total exportado.


Sua uva mais emblemática é a Tannat, autóctone, mas outras variedades estão surgindo entre os produtores, como a Carbernet Sauvignon, Merlot e Cabernet Franc, entre os tintos, e a Sauvignon Blanc, Chardonnay e Albariño, entre os brancos.


As principais regiões produtoras estão concentradas em Canelones, Colonia, Maldonado, Montevidéu, Rivera e Salto, e oferecem programas enoturísticos que incluem visitação, prova e experiências no vinhedo. Juntas, contribuem para que a venda de vinhos uruguaios se mantenha em alta e ultrapasse a faixa atual de 65 mil litros ao ano.
A rota “Los Caminos del Vino“ foi criada em 2005 com objetivo de unificar e consolidar o mercado de turismo de vinho no país. Integram a associação mais de 20 bodegas –de pequenos empreendimentos familiares, com produção artesanal, a modernas vinícolas que empregam alta tecnologia, cada uma com um charme próprio. A participação em feiras e eventos gastronômicos está no centro da promoção dos vinhos uruguaios, seja no país ou no exterior.


Em Punta del Este, nos dias 17 e 18 de junho, por exemplo, o emblemático resort Enjoy Punta del Este promoverá a primeira feira de vinhos uruguaios, reunindo cerca de 40 vinícolas, e espera receber aproximadamente 800 visitantes por dia.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -spot_img

Últimas notícias

Razão, coerência e emoções

JAPÃO E ESPANHA AVANÇAM

ALEMANHA É ELIMINADA

MARROCOS CONQUISTA VAGA