10.1 C
Ijuí
segunda-feira, outubro 3, 2022

Ueti inaugura sua sede em grande evento

A União das Etnias de Ijuí (UETI), inaugurou nos dias 29 e 30 de abril e 1º de maio, sua sede própria, uma obra que ultrapassou os seis milhões de reais e que passa a ser o coração do movimento étnico do município, força que alavanca Ijuí para ser reconhecida, inclusive durante o ato oficial de inauguração, como Capital Internacional das Etnias das Américas pela Organização Internacional de Folclore e Artes Populares (IOV).
Com uma história rica em diversidade, de muito esforço, trabalho e dedicação, e que começa muito antes da inauguração da sede realizada na sexta-feira, 29, e que se estendeu no sábado e domingo, a UETI passou, desde 1994, a agregar e organizar um grande legado cultural que é singular em Ijuí, formado em suas origens por mais de 40 etnias.

O salto gigantesco dado pelo movimento étnico através da UETI é facilmente vislumbrado nos números expressivos de conquistas dos últimos anos. “Nosso trabalho é tão rico quanto a nossa diversidade! Ele é feito de uma dedicação ímpar de cada um dos presidentes das nossas etnias, que mobilizam seus grupos para buscarmos o crescimento cultural do Movimento”, ressalta o presidente da UETI Nelson Casarin, enfatizando ainda a grande conquista com a sede. “Um grande reconhecimento do trabalho de todos”, disse ele durante o evento de inauguração.
Além da grandiosa sede, por meio de projetos, a UETI viabilizou a construção, no Parque de Exposições da cidade, de um anfiteatro com um grande palco para abrigar não só as apresentações artísticas de seus grupos de dança, mas um conjunto de atrações culturais que movimentam a cidade. “A Lei de Incentivo à Cultura no Estado tem sido fundamental para nossas conquistas. E quando digo nossas conquistas, é porque são de uma comunidade regional. Nosso Movimento promove o desenvolvimento através da cultura, essa é a realidade que vivemos hoje”, explica o produtor cultural Francisco Roloff, idealizador da sede da UETI e de vários projetos realizados nos últimos anos. Corroborando o que ele diz, para este ano, além de inaugurar a sua sede própria, a UETI é organizadora, junto com o município, da primeira edição da Exposição Festa Internacional das Etnias EXPOFEST IJUÍ, que será realizada de 6 a 16 de outubro.

Todas as conquistas e reconhecimento só confirmam a força de um movimento que tem o envolvimento direto de mais de cinco mil pessoas, num trabalho voluntariado que ressalta a identidade cultural diversa, rica e harmoniosa dos povos de Ijuí. Autoridades como o governador do Estado do Rio Grande do Sul, Ranolfo Vieira Júnior, a secretária de Cultura Beatriz Araújo, entre outras tantas nas esferas municipal, estadual e federal, viram não só um grande complexo cultural, materializado através da obra, como um grande espetáculo de cores e emoção que recontou essa história da formação étnica de Ijuí, protagonizada pelos próprios integrantes dos grupos étnicos que hoje estão organizados, 13 no total.

A grande festa de inauguração prosseguiu no sábado e domingo quando a comunidade teve a acesso gratuito a sede para prestigiar espetáculos de dança das etnias e de apresentações de artistas locais. Com o abraço forte da comunidade de Ijuí e região, e agora representada por uma “casa”, ampla, moderna e estruturada, a UETI se consolida para ser o grande agente de desenvolvimento cultural regional, literalmente modificando a paisagem de Ijuí e das cidades vizinhas. Depois de tantas conquistas, parece ser só questão de tempo para que outros sonhos da comunidade se materializem na Capital Internacional das Etnias.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -spot_img

Últimas notícias